segunda-feira, junho 02, 2008

Isto é um pinheiro...(caso não pareça)


Hoje fiz uma aquisição preciosa e será uma surpresa para um dos meus visitantes predilectos. :) Mas...sim, porque há sempre um mas...só poderá ficar disponível no blog lá para o final de semana...por motivos técnicos. :(

2 comentários:

peregrino disse...

Cara Maite,

Para o seu pinheirinho:

no garabulho solar do córtex
há uma sede tantálica, crepuscular,
que inviabiliza a quietude do cerne.
entanto, na orla oposta,
o aprendizado da linguagem das sombras
permitirá, bem na superfície lisa das coisas,
ao corpo o doce remanso.


Trata-se de uma segunda edição, porquanto deixei a primeira, há uns meses, algures no ciberespaço. :)


Um abraço e uma noite tranquila.


P.S.: a técnica é a mãe da perfeição. :)

Maite disse...

Caro Peregrino

Obrigada pelo poema :)

Um abraço e uma excelente semana para si

P.S. continuo com problemas técnicos. :(