sábado, março 10, 2007

Para além do muro

Olhas para além do muro; e
o que vês? O tempo para além do tempo,
a tarde que não chega, ou a noite que
vai chegar quando menos a esperas,
uma última ave no limite
do céu, pedindo-te que a não sigas.
Mas não cedas ao abraço da árvore,
ao apelo das raízes, à melancolia
de um desejo de horizonte. Encosta-te
a esse muro, sabendo que ele desenha
o espaço que te foi dado, e que as tuas
mãos descobrem no frio da pedra.
Não te resignes ao que existe. A ave
que desapareceu por trás da colina conhece
o caminho que os teus olhos procuram.

Nuno Júdice

12 comentários:

PortoCroft disse...

Cara Maite,

Grande Nuno Júdice! Um dos meus poetas favoritos. E, grande poema. Bem mais profundo do que aparenta. :)

Um bom fim-de-semana que, espero, não seja totalmente passado no comboio a vapor. :)

Maite disse...

Caro Portocroft

Conheci este poeta através daquele poema "Pedro lembrando Inês" que publicou no seu blog que antes tinha sido publicado noutro. Não conhecia o blog de Nuno Júdice e também não iria lá pelo nome de "A a Z". Mas no outro dia, por mero acaso, fui lá parar e li vários poemas.

Eu entendi este, como um poema que fala de sonhos que devem assentar na realidade de cada um e não em nostalgias de espaços inatingíveis.

E a propósito lembrei-me deste

“Busquei felicidade uma vida
Até descobrir que, por fim,
Essa emoção mais querida
Vivia dentro de mim.”

Sabe de quem é? Eu dou-lhe uma dica... é de um "aprendiz de feiticeiro" :)

Uma boa tarde para si

P.S. que tem contra os combóios a vapor? :( (ok, prontus, são lentos) :))

legivel disse...

Cara Maite:

Parabéns por esta edição. O Nuno Júdice é um dos meus poetas portugueses preferidos. E ele que me desculpe (e a Maite também) que lhe vou replicar... singelamente.

Não me resigno, não.
não vou para além do que não desejo
e por maior que seja a tentação
já escolhi o caminho, já o vejo.


Tenha uma óptima semana!

Maite disse...

Caro Legível

Imagine que só conheço este poeta há muito pouco tempo e pelos poemas que já li penso que entrará, ou melhor já entrou, na minha lista de preferidos.

Gostei da sua análise poética do poema. Obrigada por tê-lo deixado aqui.

Tenha uma óptima semana também

amf disse...

tive a oportunidade de o conhecer, e pensei este já está, conheci um grande poeta.

PortoCroft disse...

Maite,

Gostava de conhecer esse "aprendiz de feiticeiro"? Aproveite que o rapaz tem futuro e depois... é bem capaz de ficar inacessível. :)

Uma boa tarde para si

Maite disse...

Caro AMF

Penso que seja muito gratificante para um poeta ser-lhe reconhecido o talento.

Obrigada pela visita

Maite disse...

Portocroft

Claro que sim. Acha que ainda vou a tempo de pedir-lhe um autógrafo? :) (sabe que a expressão "aprendiz de feiticeiro" foi roubada descaradamente ao próprio poeta, autor do excerto do poema que coloquei no comentário!) :)

Uma boa tarde para si

PortoCroft disse...

Maite,

Genial e modesto, eis o paradoxo dos grandes poetas, não é? ;)

Resto de noite feliz.

Maite disse...

Portocroft

Penso que seja ;) Deixe-me acrescentar mais um par: impertinente e cheio de humanidade.

Bom dia para si

PortoCroft disse...

Maite,

Three out of four, ain´t bad! :)

Bom dia para si, também.

Maite disse...

Portocroft

Ain't bad, at all.

Which one is out? :)

Boa tarde para si