domingo, agosto 03, 2008

The hour between sunset and darkness

Late this afternoon by the river
Sat in a small white stone
Watching the sparkling waters
Moving slowly towards the sunset
I realized how
Unfair life can be

When words scan for nothing
When the voice hides the scream
When ghosts cross the mind
And make it tremble
It’s time to stop and
Think it over

6 comentários:

PortoCroft disse...

Lovely poem Mate ;)

Thik it over!

RESSACA ® disse...

Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Maite disse...

Thank you, Mate ;)

I will!

Maite disse...

Com certeza que visitarei o vosso espaço.

PortoCroft disse...

Maite, Maite, Maite, Maite, Maite, Maite... (vou continuar a escrever 100 vezes... ;) )

Maite disse...

Caro Portocroft

Um erro imperdoável, de facto. ;)
E não faça batota ao escrever. Quero ver isso escrito letra a letra. Nada de copy paste :))))